skip to Main Content

Como saber quando é a hora de começar a empreender

Img B9f4d7a943358328 - Ello Gestão Contábil

Compartilhe nas redes!

A situação é bem típica: você começa a ficar infeliz no trabalho, sente que tem um baita potencial, mas é mal remunerado, apresenta novas ideias para o chefe, mas ele nem liga, está morrendo de vontade de chutar o balde e teve uma excelente ideia de negócio. É com esse conjunto de situações que nasce um empreendedor. Mas será que você realmente está preparado para deixar de ter uma remuneração fixa por mês e começar o seu negócio?

Antes de tudo, tenha calma e analise a situação de forma objetiva e racional. Para te ajudar, separamos 5 sinais de que é a hora certa para começar a empreender. Essa lista também serve para quem deseja se preparar para este grande momento de vida.

1 – Você identificou uma lacuna no mercado

Ter uma boa ideia de negócio não é suficiente. É preciso haver público/demanda do mercado. Para isso, é preciso realizar uma pesquisa honesta para entender as reais necessidades do potencial cliente, não induzindo-o a respostas que beneficiam a sua visão. Aproveite para coletar dados como idade, classe social e forma com que consome.

Depois de constatar que o mercado precisa do seu negócio, faça outro levantamento sobre lucro, concorrentes e fornecedores. A partir dessas informações, trace metas e objetivos de curto, médio e longo prazo.

2 – Você tem conhecimento

Sem sombra de dúvidas, é muito mais fácil, e até mais seguro, começar um empreendimento do qual você já possui certa experiência. 

Porém, você não pode achar que já sabe o suficiente. É preciso estudar sobre liderança e todos os aspectos que envolvem ter uma empresa. Busque aprender sobre gestão de pessoas, atendimento, finanças e marketing.

Além disso, identifique suas dificuldades de aprendizagem e procure alguém para te ajudar com elas. Para isso, você vai precisar expandir sua rede de contatos, ouvir a experiência de outros empreendedores e fazer parcerias.

Se você não possui experiência, participe de mentorias e consultorias, faça cursos de capacitação mais específicos e visite eventos voltados para o ramo que deseja atuar.

3 – Você tem dinheiro para investir

Ter uma boa ideia, um mercado aquecido e conhecimento não é o suficiente para você segurar as pontas até seu negócio amadurecer. Mesmo começando pequeno, você vai precisar de uma reserva financeira de, pelo menos, seis meses para se manter, uma quantia para investir e outra para uma possível emergência.

Nesse começo, evite gastos desnecessários, respeite os limites do faturamento e separe as finanças pessoais das da empresa, definindo seu próprio salário. Também é importante contratar um serviço terceirizado, caso você tenha dificuldades com o financeiro. Um bom empreendedor nunca cresce sozinho!

4 – Você está disposto a fazer horas extras

Tempo e dedicação são fatores essenciais para um negócio prosperar. Se você tiver uma família para cuidar, tenha em mente que a administração de uma empresa pode te tirar os períodos de descanso e lazer, principalmente no início. Deixe sua família a par da sua nova decisão e sobre o que ela pode acarretar!

Para gerenciar melhor o seu relógio, adote práticas que te ajudem a manter atenção e foco. A melhor forma de você conseguir isso é fazendo planejamentos. Faça checklists, programe lembretes, defina as prioridades, delegue atividades. Se preocupe com a eficiência de processos, otimize todos os recursos financeiros, humanos e tecnológicos.

5 – Você está preparado para assumir riscos e tomar decisões difíceis

Todo empreendedor deve saber que abrir um empreendimento exige resiliência para passar por situações difíceis. Existem muitos riscos envolvidos! É por isso que é tão importante você entrar no mercado com bastante conhecimento, tanto dos negócios quanto de si próprio.

Tendo em vista que cada pessoa é um universo e cada gestor é único, não existe fórmula mágica para o  sucesso! O seu produto/serviço pode precisar passar por modificações durante o percurso. Poderá haver um certo mês em que os gastos serão maiores que os ganhos, e nesse momento que aquela sua quantia de emergência vai entrar.

Além disso, você precisará eventualmente demitir um bom funcionário para cortar gastos e ajustar o plano de negócios. Decisões difíceis como essa aparecerão a todo momento, mesmo que você tenha um planejamento estratégico impecável.

E aí? Acha que está preparado para encarar o desafio?! Se sim, conte conosco para te auxiliar.
 

Classifique nosso post [type]

Compartilhe nas redes:

Facebook
Twitter
Pinterest
LinkedIn

This Post Has 0 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Posts Relacionados

8347355147e2d0b11526b03c1c411d43 - Ello Gestão Contábil

CERTIFICADO DIGITAL E IR 2022

O Certificado Digital é uma das mais novas facilidades que o empreendedor pode possuir para otimizar e organizar seus arquivos e documentos. De fácil manuseio

Back To Top
Recomendado só para você
Empresas de alta performance não guardam uma fórmula mágica de sucesso.…
Cresta Posts Box by CP